Brasil dá primeiro passo na fabricação de radiofármacos, utilizados no tratamento de câncer

,

Brasil dá primeiro passo na fabricação de radiofármacos, utilizados no tratamento de câncer

Empreendimento contará com investimento de R$ 750 milhões do Ministério da Saúde. Após a conclusão da obra, Brasil será autossuficiente na produção de radiofármacos

Por Victor Maciel

O Governo Federal deu o primeiro passo para a construção do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), empreendimento capaz de produzir radiofármacos utilizados no tratamento de doenças como o câncer. A iniciativa contribuirá para o fim da dependência externa de radioisótopos e para o fornecimento de radiofármacos ao SUS a preço de custo. A pedra fundamental da obra foi lançada nesta sexta-feira (08/06), em Iperó (SP), pelo presidente da República Michel Temer. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi participou do evento e reafirmou que o investimento de R$ 750 milhões está previsto no orçamento da Pasta.

O presidente da República, Michel Temer, enfatizou que o projeto eleva o nosso patamar e promove o desenvolvimento do Brasil. “Para a área da saúde, a construção do relator fortalece muito o SUS. Vamos produzir o material para o sistema único de saúde a preços naturalmente mais baixos, e, desta forma, aumentar os atendimentos e levar esperança a quem está doente e precisa de ajuda”, explica o Presidente.

Desde 2009, o Brasil enfrenta dificuldades no abastecimento de radioisótopos e de radiofármacos, que hoje são importados. Isso se deve a paralisação do reator canadense que abastecia todo o mercado brasileiro e 40% do mundo. A partir disso, o país busca outros fornecedores importados, já que cerca de dois milhões de procedimentos médicos utilizam os radiofármacos, sendo que 24% são realizados no SUS.

O empreendimento reduzirá os riscos de desabastecimento no país e tornará o Brasil autossuficiente na produção dos radiofármacos. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, destacou o quanto isso impactará para a população. “O uso dessa tecnologia qualificará a atenção à saúde da população em diversas áreas que fazem uso da medicina nuclear, como cardiologia, oncologia, hematologia e neurologia. Permitirá a realização de diagnósticos mais precisos de doenças e complicações”, ressaltou o ministro.

A obra também contribuirá para ampliar os investimentos na área médica, já que permitirá a ampliação do atendimento em medicina nuclear para mais usurários do SUS.

Estrutura


0

O post Brasil dá primeiro passo na fabricação de radiofármacos, utilizados no tratamento de câncer apareceu primeiro em Portal Política Distrital – Notícias sobre Política e Saúde do DF.

,

Brasil dá primeiro passo na fabricação de radiofármacos, utilizados no tratamento de câncer

Empreendimento contará com investimento de R$ 750 milhões do Ministério da Saúde. Após a conclusão da obra, Brasil será autossuficiente na produção de radiofármacos Por Victor Maciel O Governo Federal deu o primeiro passo para a construção do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), empreendimento capaz de produzir radiofármacos utilizados no tratamento de doenças como o câncer. A […]

O post Brasil dá primeiro passo na fabricação de radiofármacos, utilizados no tratamento de câncer apareceu primeiro em Portal Política Distrital – Notícias sobre Política e Saúde do DF.

,
Fonte: saude.df.gov.br /Politicadistrital / AgenciaBrasilia / Blogdopoliglota
Author: Kleber Karpov

Powered by WPeMatico

Comments are closed.