Home / Educação / Feira do Livro começa nesta sexta (16) e vai até 25 de junho

Feira do Livro começa nesta sexta (16) e vai até 25 de junho

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
__________

Alunos da rede pública receberão voucher para comprar livros para as escolas. Governo investiu R$ 600 mil na ação, que faz parte do programa Criança Candanga

Para reforçar o acervo literário das escolas públicas, o governo de Brasília investiu R$ 600 mil na aquisição de material bibliográfico na 33ª Feira do Livro — aberta ao público nesta sexta-feira (16). Com o recurso, as escolas poderão complementar as bibliotecas da rede de ensino.

A ação faz parte das prioridades do programa Criança Candanga, que valoriza e dá preferência a políticas que fortaleçam a educação de crianças e de adolescentes.

“As escolas receberão o recurso, e os alunos ganharão um voucher para escolher o livro que tenham interesse. As obras ficarão nas escolas para que outros estudantes possam compartilhar”, explicou o secretário de Educação, Júlio Gregório Filho.

O subsecretário de Educação Básica, da Secretaria de Educação, Daniel Crepaldi, afirmou que o investimento da pasta é para atualizar as bibliotecas e salas de leitura. Para ele, é um recurso que beneficia a todos envolvidos. “No ano passado, liberamos R$ 500 mil com a mesma finalidade. Isso deixou os alunos e os diretores felizes, e os livreiros e as editoras ficaram satisfeitas com o estímulo.”

O dinheiro é do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf), que permite que as escolas tenham recursos para manutenção, pequenos reparos e aquisição de material. Cada regional recebeu um cronograma com a data para comprar os livros. “Fizemos isso para que não irem todas no mesmo dia.”

Abertura da 33ª Feira do Livro de Brasília
Participante da feira, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Ayres Britto considerou uma boa política pública a ideia de oferecer voucher aos alunos. O ministro afirmou prestigiar sempre que possível esse tipo de espaço. “Gosto muito do movimento literário e cultural.”

O servidor público Daniel Caixeta, de 40 anos, também disse ser um frequentador de feiras literárias. Ele foi com os filhos, a esposa e a neta conhecer a exposição deste ano. “A grande vantagem é achar livros de todos os estilos e circular entre as editoras e os produtores de conteúdo literário.”

Na cerimônia, a vencedora da 5ª edição da Olimpíada Nacional de Língua Portuguesa, Ana Karolina Alves Amorim, de 18 anos, foi homenageada. Moradora de Brazlândia e estudante da rede pública, a jovem cursa biblioteconomia na Universidade de Brasília.

O evento ficará até o domingo (25) na área externa do shopping Pátio Brasil.

Criança Candanga
Também com o mote do Criança Candanga para reforçar a literatura entre crianças e adolescentes, a feira recebe a campanha Criança Candanga Leitora, Nosso Maior Patrimônio, que vai arrecadar livros infantis para doação aos pequenos que visitarem a feira, a creches públicas e a unidades do sistema socioeducativo.

Portal do Voluntariado
Neste ano, uma novidade é a participação de 358 voluntários inscritos no Portal do Voluntariado para atuar como contadores de história, recepcionistas, monitores de visitação escolar e atendentes de atividades literárias. Na tarde desta sexta, os voluntários participaram de treinamento de preparação a atender o público da feira.

Fonte da notícia
Author: Agência Brasília

Powered by WPeMatico

Sobre radarsantamaria