Flagrante: criminosos são presos após roubarem 400 celulares

Foto: TV Globo/Reprodução

Um esquema de roubo de smartphones foi desarticulado pela Polícia Civil, nesse sábado (9/12), no Aeroporto de Brasília. A organização criminosa atuava durante o trânsito de cargas entre as aeronaves e contava com a participação de um funcionário da Latam. Quatro homens estão presos e o prejuízo estimado supera a marca dos R$ 2 milhões. Os aparelhos seriam levados para a Feira dos Importados onde deveriam ser revendidos.

As investigações da Operação Icarus começaram em setembro, quando os criminosos roubaram 600 celulares. A carga foi avaliada em R$ 1,5 milhão. Segundo o Fantástico, o homem preso em flagrante tentava levar um carregamento com 400 celulares avaliados em R$ 750 mil. Os aparelhos vinham de Vitória, no Espírito Santo, faziam escala em Brasília e seguiriam para Cuiabá, no Mato Grosso.

Quem também foi preso foi o proprietário da banca da Feira dos Importados que comercializava os aparelhos – a maioria sob encomenda dos clientes. De acordo com a polícia, ele vendia os celulares a preços “bem abaixo do mercado”. Na banca, foram apreendidos 222 aparelhos, tablets entre outros produtos eletrônicos sem nota fiscal.

Foto: TV Globo/Reprodução

Carga de celulares apreendida no Aeroporto de Brasília

Ainda segundo informações da polícia, para entrar no terminal, o funcionário da Latam usava crachás falsos e contava com a ajuda de um funcionário de uma empresa que presta serviços de alimentação para companhias aéreas, que também foi preso.

A Latam falou ao Fantástico que “está colaborando com as autoridades policiais desde o início das investigações”. Já a Inframérica, que administra o aeroporto, disse que apoia a operação e que ofereceu “mecanismos de segurança” para dar suporte aos flagrantes.

Fonte: Metropoles
Author: Da Redação

Powered by WPeMatico

Comments are closed.