Tireoide e gravidez, qual é a relação? 

,

Tireoide e gravidez possuem uma relação direta que nem todo mundo conhece. Durante a gestação, a glândula tireoide da mãe é obrigada a aumentar sua produção de tiroxina entre 30% e 50%. Seu equilíbrio e bom funcionamento vão favorecer o correto desenvolvimento cerebral do feto e de seu sistema nervoso ao longo do primeiro trimestre.

Às vezes é fascinante e aterrorizante ao mesmo tempo descobrir como as nossas glândulas e hormônios agem em nosso bem-estar. Frequentemente, basta um minúsculo desequilíbrio entre elas para percebermos que algumas coisas não vão bem. Podemos ganhar ou perder peso, ficar mais cansados ou, pior ainda, caso a mulher queira conceber um bebê, pode inclusive apresentar certas dificuldades.

A tireoide de um feto não é formada até a décima ou décima segunda semana de gestação. Até esse momento o feto depende exclusivamente da mãe.

Compartilhar

As irregularidades na menstruação, a fertilidade e até mesmo o correto desenvolvimento de uma gravidez dependem deste pequeno órgão que tem formato de borboleta e que está localizado em nosso pescoço. Com apenas 30g, representa uma incrível fábrica de hormônios triiodotironina (T3) e tiroxina (T4) que têm um impacto imenso em nossa saúde e, acima de tudo, no bom desenvolvimento de um bebê ao longo dos primeiros meses de gestação.

Feto humano em formação

Tireoide e gravidez: a importância da troca entre mãe e bebê

A glândula tireoide se desenvolve no feto entre a décima e a décima segunda semana de gestação. Até esse momento, o bebê depende exclusivamente da glândula da mãe. Algo assim tem, sem dúvidas, uma relevância imensa. Se uma mulher tem um histórico clínico caracterizado por algum transtorno de tireoide, como pode ser o caso do hipotireoidismo, várias coisas podem acontecer.

A primeira delas é que, apesar de haver uma certa dificuldade na hora de conceber um bebê, isso não quer dizer que seja impossível ficar grávida. Entretanto, o risco de um aborto é real, assim como o de nascimentos prematuros ou a presença de outros problemas médicos, como a pré-eclâmpsia (hipertensão gestacional).

Tireoide e gravidez são duas palavras que toda mulher deve ter em mente caso deseje ter um filho. Por isso recomenda-se sempre fazer exames para diagnosticar qualquer problema, qualquer pequena disfunção que possa causar problemas mais sérios a curto ou a longo prazo.

As mudanças hormonais durante a gravidez

Uma gravidez normal implica por si só uma alteração direta na função da tireoide. Isso se deve à influência de dois hormônios: o hormônio gonadotrofina coriônica humana (hCG), o hormônio medido nos testes de gravidez, e o estrogênio, o principal hormônio feminino.

O primeiro, o hormônio gonadrotofina coriônica, age como um estimulante para a tireoide. Essa mudança no organismo da mulher surge 2 ou 3 dias após a concepção e dura cerca de três meses. Há mães que percebem essa mudança de forma mais pronunciada (também conhecido como o falso hipertireoidismo), quando chegam a ter mais vômitos do que o normal, palpitações e inclusive perda de peso.

A relação entre tireoide e gravidez

Por outro lado, uma vez que se chega ao segundo trimestre, surgem outros efeitos que também modificam a função da tireoide.  Neste caso, os responsáveis são os próprios hormônios femininos (os estrogênios). Assim, entre a 16 e a 20 semana, o que acontece é que o nível dessa proteína encarregada de fixar a tiroxina no sangue dobra (a TGB). Essa alteração é conhecida como o falso hipotireoidismo, mas se as análises clínicas indicarem que a T4 livre (tiroxina) não foi modificada, não há problema.

Sintomas do hipotiroidismo na gravidez

Já que tireoide e gravidez apresentam uma relação tão evidente, é comum que o perfil tireoideo seja controlado de forma periódica ao longo de toda a gestação. Assim, e caso seja detectada uma produção insuficiente de tiroxina, estaremos diante de um diagnóstico de hipotireoidismo. Cabe dizer que esta doença é facilmente tratável. Os sintomas são os seguintes:

  • Unhas e cabelos fracos e quebradiços;
  • Cansaço;
  • Ganho anormal de peso;
  • Sensação contínua de frio;
  • Dor muscular e articular;
  • Pele seca;
  • Problemas digestivos.

Dessa forma, como dissemos no início, a aparição de um problema na tireoide durante a gravidez aumenta o risco de aborto e de um nascimento prematuro. 

Sintomas do hipertiroidismo na gravidez

O aparecimento de hipertireoidismo durante a gestação é um transtorno relativamente incomum. Assim como os estudos populacionais revelam, a incidência é de 2 mulheres a cada mil. A sintomatologia é a seguinte:

  • Perda de peso;
  • Problemas intestinais;
  • Pouca tolerância ao calor;
  • Desânimo e mau humor;
  • Tremores;
  • Insônia;
  • Aparição de bócio (pescoço inchado);
  • Pré-eclâmpsia: hipertensão e retenção de líquidos.

Vale considerar aqui que se uma mãe sofrer de hipertireoidismo durante a gestação e não receber tratamento, também há risco de morte fetal.  

Mulher grávida com ursinho de pelúcia

Tireoide e gravidez: a importância da prevenção

A relação entre a tireoide e a gravidez não deve nos tirar o sono se tivermos um acompanhamento médico adequado. Estes transtornos na glândula tireoide são tratáveis e têm bom prognóstico, tanto para a mãe quanto para o bebê. Entretanto, caso você tenha antecedentes familiares associados a esta doença e esteja pensando em ter um bebê, é recomendável comentar este dado com os médicos.

Uma supervisão baseada em controles periódicos, somados a uma dieta correta e a hábitos de vida saudáveis, sem dúvida permitirão viver uma gravidez mais segura.

The post Tireoide e gravidez, qual é a relação?  appeared first on A mente é maravilhosa.

,

Tireoide e gravidez possuem uma relação direta que nem todo mundo conhece. Durante a gestação, a glândula tireoide da mãe é obrigada a aumentar sua produção de tiroxina entre 30% e 50%. Seu equilíbrio e bom funcionamento vão favorecer o correto desenvolvimento cerebral do feto e de seu sistema nervoso ao longo do primeiro trimestre. […]

The post Tireoide e gravidez, qual é a relação?  appeared first on A mente é maravilhosa.

,
Fonte: Amenteemaravilhosa / Tudointeressante
Author: Juliana Martinez

Powered by WPeMatico

Comments are closed.