Vinícius projeta duelo contra o Palmeiras e quer “fazer história”

O Bahia vive um bom momento. Depois de fase turbulenta, já são oito jogos de invencibilidade. Algumas partidas foram marcantes como a goleada em cima do rival Vitória, e o triunfo diante do Cerro-URU pela Sul-Americana.

Vinícius, um dos principais jogadores do atual elenco projetou o duelo contra o Palmeiras pela Copa do Brasil, e pensa em continuar marcando o seu nome na história do Esquadrão.

“Quinta-feira temos grande possibilidade de fazer história. Ir pela primeira vez para uma semifinal de Copa do Brasil. Assim como na Sul-Americana, nunca tinha passado da segunda fase, hoje estamos nas oitavas. Esse grupo está mostrando competência. A gente sabe que será um jogo difícil, que a torcida deles vai comparecer em peso. Mas sabemos também da grandeza do Bahia, do nosso atual time, temos jogadores competentes que podem chegar lá, fazer o melhor e classificar”, afirmou o meia.

Veja também: Gilberto comemora fase artilheira pelo Esquadrão

Além de destacar a importância do confronto e as dificuldades diante do Verdão, o meio-campista frisou que a equipe está começando a absorver as ideias do técnico Enderson Moreira.

“Estamos começando a ter o DNA do Enderson, começando a jogar dentro e fora de casa da mesma maneira. Estamos criando essa identidade. Estávamos oscilando muito. Estamos em uma sequência de jogos pontuando, com resultados positivos. Isso está amadurecendo e fortalecendo nossa equipe”, disse Vinícius.

Palmeiras e Bahia se enfrentam nesta quinta-feira às 19h15 (horário de Brasília), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, no Estádio do Pacaembu. No duelo de ida, empate sem gols na Fonte Nova. Caso a igualdade se repita, seja qual for o placar, a decisão vai para os pênaltis.

Vinícius vê a chance de fazer história no Bahia se avançar nas Copas (Foto: Site Oficial/Bahia)

O post Vinícius projeta duelo contra o Palmeiras e quer “fazer história” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: GAZETA ESPORTIVA
Author: Guilherme Medeiros Fonseca

Comments are closed.