Xavi defende Federação e diz que Espanha ainda é favorita ao título

,

Xavi já participou de quatro Copas do Mundo e continua acreditando na Espanha como favorita (Foto: AFP)

Xavi Hernández, ex-jogador do Barcelona e da seleção Espanhola, não está na Rússia para jogar bola, a não ser nas horas vagas ou com as crianças participantes do projeto Generation Amazing, do qual ele faz parte. Embaixador da Copa de 2022, no Catar, país onde ele atua hoje em dia pelo Al-Sadd, ele deu uma entrevista exclusiva ao canal SporTV na manhã desta quinta-feira e falou sobre vários assuntos, inclusive a demissão de Julen Lopetegui da seleção às vésperas do início do Mundial. Confira os principais trechos.

Demissão de Lopetegui

Xavi Hernádez já tinha dito ao jornal espanhol Marca que ficou do lado da Federação Espanhola de Futebol no caso da demissão de Julen Lopetegui. Perguntado sobre se seu telefone tocou quando ele foi demitido, Xavi foi enfático.

“Não tocou e creio que não seja o momento, não só pela falta de licença para treinar. A seleção espanhola já tem a ideia, já tem o caminho, apesar da saída de Lopetegui na última quarta-feira. Eu creio que o grupo está unido e com consciência de onde estão, numa Copa do Mundo. Evidentemente não é a melhor das circunstâncias, mas é necessário seguir em frente e o presidente (da Federação Espanhola de Futebol) tomou uma decisão, na minha opinião, muito acertada, porque não se pode estar em dois clubes ao mesmo tempo, com dois pensamentos ao mesmo tempo”, iniciou o ex-campeão pela Espanha.

“Nesse sentido, creio que foi decidido da melhor forma e, a partir daqui, os torcedores devem torcer mais do que nunca. A ideia inicial proposta por Lopetegui foi muito boa, uma coisa não exclui a outra, não perderam nenhum jogo, tem jogadores fantásticos, a Espanha tem o melhor centro-campista do mundo e a possibilidade de ser muito competitivo”, disse.

Sobre o Real Madrid, que contatou o técnico durante a preparação da Copa do Mundo, o ex-Barcelona colocou a maior parte da culpa no próprio Lopetegui. “As decisões foram mais de Lopetegui. Todo mundo olha para o Real Madrid, e poderia ter sido qualquer clube (a fazer esta proposta), mas essa decisão de Lopetegui que não foi acertada. Ele é o responsável pelo ótimo desempenho da Espanha até agora, mas não tomou uma decisão correta. É impossível estar em dois lugares ao mesmo tempo”, finalizou sobre o assunto.

A seleção da Espanha na Copa

“A Espanha não perde com esse episódio. Sou otimista, isso irá uni-los muito mais. Além do mais, Hierro assumiu e ele é muito bem-preparado, conhece a casa, conhece a federação, por isso não acho que a Espanha tenha menos favoritismo que antes. Isso pode torná-los mais fortes. O grupo precisa ter mais confiança ainda, se unir, conversar para tratar desses percalços. Lá tem muita gente experiente… Acredito que a seleção tem que continuar com seu rumo e tem tudo para ser campeã”, relatou, otimista.

Ele ainda elogiou o Brasil. “Acredito que a Espanha tem muitos talentos ainda: Isco, Thiago, Busquets, Silva, Iniesta – uma mistura de experiência e juventude. Tem tudo para ir muito longe na Copa. Assim como tenho esperança que a Espanha chegue à final, mas sei que tem o Brasil, com talento, bom técnico, bom físico, vem muito bem preparado para vencer a Copa… Há coisas que serão resolvidas nos detalhes”.

Fernando Hierro, novo técnico

“Estou certo de que Hierro pode levar a seleção à decisão, é um ótimo líder. Nos ajudou em 2010 quando vencemos a Copa. É uma pessoa muito positiva, conhece os jogadores e é uma oportunidade para ele também”.

Embaixador da Copa e projeto Generation Amazing

De 1997 a 2015, Xavi Hernádez ficou no Barcelona, incluindo as categorias de base. Depois disso, foi para o Catar, onde atua pelo Al-Sadd. “stou muito contente no Catar, minha família é muito feliz ali e agora estou aqui trabalhando com a comissão organizadora da Copa no Catar. É por isso que estou na Rússia”, disse o embaixador do Mundial de 2022. “Este projeto, Generation Amazing, trata-se de ajudar as pessoas justamente para isso. Estivemos com pessoas com necessidades especiais, crianças, idosos, tentamos ajudar várias pessoas no Catar e trouxemos oito integrantes do Comitê para verem a organização deste Mundial (na Rússia). É um projeto muito bonito e tenho orgulho de fazer parte dele”, relatou.

Ele, ainda, explicou sobre o projeto. “Eu acho que o futebol é uma ferramenta que agrega culturas, religiões e tudo mais de alguma maneira. Este projeto de alguma forma é assim. Tentamos ajudar, tentamos unir, tentamos entender as pessoas, ajudamos os carentes e o futebol é uma ferramenta incrível para isso. Estamos vendo como a Rússia está organizando este Mundial e é realmente algo muito bom o que o futebol consegue transmitir para todo o mundo. Estamos (projeto e comissão da Copa no Catar) tentando ajudar diversos países, com diversos tipos de adversidades, para que se integrem cada vez mais”, finalizou.

O post Xavi defende Federação e diz que Espanha ainda é favorita ao título apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

,

Xavi Hernández, ex-jogador do Barcelona e da seleção Espanhola, não está na Rússia para jogar bola, a não ser nas horas vagas ou com as crianças participantes do projeto Generation Amazing, do qual ele faz parte. Embaixador da Copa de 2022, no Catar, país onde ele atua hoje em dia pelo Al-Sadd, ele deu uma […]

O post Xavi defende Federação e diz que Espanha ainda é favorita ao título apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

,
Fonte: GAZETA ESPORTIVA
Author: Marina Bufon Nunes

Powered by WPeMatico

Comments are closed.