Política

Bolsonaro se irrita com pergunta sobre mortes: “Não sou coveiro”

Presidente voltou a defender afrouxamento do isolamento social, em anúncio feito nesta segunda-feira (20/04)

Ao ser questionado sobre as mortes causadas pela Covid-19, Bolsonaro se irritou: “Não sou coveiro”, disse aos jornalistas na portaria do Palácio da Alvorada na noite desta segunda-feira (20/04).

O Presidente, porém, não quis falar dos números. “Eu preciso me preocupar com os empregos. A intenção é ajudar, mas até quando? Os governadores têm que sinalizar”, pediu ele, que se reuniu nesta segunda com o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB) para debater a reabertura de escolas militares e militarizadas em Brasília a partir da próxima semana.

Fonte: Metrópoles

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar